Ensinar as crianças a organizar

As pessoas definem-se como organizadas ou desorganizadas, como se fosse um traço da nossa personalidade, mas essa definição é muito interessante, pois na verdade, tal como em qualquer tipo de atividade, por exemplo o desenho ou apetência para algum tipo de atividade está sempre ligada a um estimulo e uma aprendizagem, tal como a organização.

Quantos se recordam de terem sido ensinados em criança a organizar? Quantos de nós ensinamos os nossos filhos a organizar? Geralmente os nossos pais diziam: "vai arrumar o teu quarto!", "Vai arrumar os teus brinquedos!", mas raramente são os pais que se sentam para ensinar os filhos a organizar e a ter consciência de todos os objetos que tem e qual o significado deles para a sua vida.




Este tipo de exercício prático feito em criança tem um impacto na personalidade e na forma de estar no futuro da criança. Manter apenas aquilo que me faz feliz na minha vida. Poderá ser aplicado em adulto com a casa, roupas, relações, carreia e social.

Sugestões práticas para envolver o seu filho no processo de organização da casa:


1. Transmita que cada elemento da família é responsável pelas suas coisas


Evite ir buscar os brinquedos ao seu filho ou arrumar por ele. Organize inicialmente com ele, pergunte-lhe quais são os preferidos e onde faz sentido guarda-los. Explique que aqueles que não brinca podem servir para outras crianças. É essencial que a criança, a partir de uma certa idade, esteja 100% envolvida no processo. Opte por uma, duas ou três vezes fazer o exercício de ir buscar os brinquedos em conjunto e ajudá-lo a arrumar novamente no local definido, após algumas vezes, sugiro que explique ao seu filho que cada um é responsável pelos seus objetos e por mantê-los organizados na "sua casa".


2. Aproveite o momento da organização para praticar a gratidão


Este é um momento perfeito para fazer exercício de gratidão com o seu filho. Fazê-lo perceber que é positivo sermos gratos por aquilo que temos e por aquilo que já não nos serve mais. Agradecer aqueles objectos que temos que deixar ir e aqueles que ficam. Desta forma estará a ensinar o importante que é sermos gratos. Este exercício terá um extremo impacto na sua vida presente e futura, tornando-a uma pessoa mais feliz.


3. Respeite as decisões do seu filho/a


Alguns brinquedos, jogos ou desenhos para si podem não ter o mesmo significado que tenha para ele. Evite fazer qualquer tipo de julgamento em relação às escolhas e preferências do seu filho. A não ser que seja prejudicial para o seu desenvolvimento ou segurança. Nesse caso explique-lhe o porquê.


4 . Dobrar a roupa à frente do seu filho e pedir-lhe ajuda


Esta simples tarefa pode ser transformada num momento familiar. Ensinar ao seu filho as dobras possíveis das roupas e fazê-lo em conjunto é uma excelente forma de começar a introduzi-lo à organização.


5. Ensine-os a colocar a roupa na vertical


Para que a possam ter uma visão geral de tudo o que tem na gaveta de uma forma imediata e seja mais fácil de por e tirar as peças. O método KonMari é uma excelente alternativa de dobras de roupas para colocar tudo na vertical nas gavetas ou caixas.


#organizar #konmarimethod #organizarcomcrianças #personalorganizer

98 visualizações

saber mais

newsletter

contacto

rafaela garcez® todos os direitos reservados 2020

design by visualpraana.